O Aro 27 é a varanda da minha casa. Foi assim desde a primeira vez que fui ao café. É desses lugares que a gente desacelera e fica confortável olhando a vida passar. Mas com vários  “plus a mais”: tem sempre um café de sabor diferente, preparado de um modo novo e servido daquele jeito gostoso, cheio de carinho e sorriso. Vez por outra sobe aquele cheiro de coockie no ar e tem ainda um pão de queijo alucinante. Ah e as tantas pessoas com quem a gente pode prosear. Adoro varandar no Aro.

Adriana Marmo

Há seis anos, depois de ver uma matéria na televisão, decidi conhecer o Aro 27.
Chegando lá encontrei o Fabio Samori de boina, luvas, abaixado, mexendo em uma Brompton, que na época eu não fazia idéia do que era. Por causa dele e do staff da casa, hoje eu pedalo mesmo depois de passados 6 anos! Continuo bebendo meu café, no mesmo lugar, no mesmo balcão, so “spot” de onde não tenho pretenções de abrir mão. O Aro impactou minha vida. Imagino que esse não é essencialmente o objetivo de um estabelecimento, mas considero isso um sucesso, e é o que eu desejo ao meu, hoje amigo, Fabio Samori e todo seu incrível staff.
Bom café à vocês amigos!

Caio Gracco

Amei o lugar. Desde a fácil localização, a decoração em seus mínimos detalhes, voltado para quem ama café e bike. Atendimento perfeito, fazendo o cliente realmente sentir-se especial e acolhido. Preço justo pela qualidade do que servem.

Carolina Azevedo

O Aro 27 é um café em que nada é bom: a comida é deliciosa, o café é incrível, o lugar é um aconchego só. Tudo vai muito além de apenas bom. De quebra, é um desses raros lugares que servem tudo o que vc pode imaginar: tá com fome? Tem comida. Quer só um café e um bolinho? Tem. Uma cerveja gostosa e alguma coisa pra beliscar? Tem também. Pintou uma reunião? Pode ir no Aro. Almoço com a galera? Vai no Aro. Curtir um fim de tarde num date? O Aro é perfeito pra isso! As bicicletas lindas na parede ajudam: o Aro 27 é lugar pra toda hora!

Priscila Moreno

Sabe aquele lugar que vc vai pra desestressar? Que vc encontra gente bacana, desde o staff até os clientes, e consegue conversar sobre coisas leves, cafés e bicicletas? Então, esse é o Aro. Sou fã e cliente assíduo desde que abriu. Só de estar lá sentado no balcão almoçando ou tomando um café, já fico mais calmo e disposto. Hoje em dia, não existe a possibilidade de eu parar na Estação Pinheiros e não ir lá falar só pra falar um oi.

Ricardo Santos